Direitos de Imagem

Direitos de Imagem
"Imagens do blog origem google)

sábado, 30 de julho de 2016

Cecília Sfalsin









"Não importa o tempo e nem as circunstâncias, eu decidi esperar, eu decidi deixar nas mãos de Deus o que minha capacidade humana não alcança, eu decidi confiar nele com todas as forças do meu coração. Eu decidi deixar Ele trabalhar em minha vida e fazer com que tudo aconteça.
Eu sei que esta espera me trará dores, anseios, mas também sei que dEle só me virá o melhor e o perfeito, eu sei que Ele fará por mim o que ninguém poderá fazer, eu sei que o impossível vai acontecer... Se tão somente nele eu crer!"

(Cecília Sfalsin)



http://bloglaricysantos.blogspot.com.br/2014/01/nao-importa-o-tempo-e-nem-as_27.html

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Sempre me senti diferente








"Sempre me senti diferente dos outros. 
Não mais bonita, não mais inteligente, não mais especial, não mais esperta, não mais maluca, não mais legal, apenas diferente. Sou diferente na forma de sentir, 
tudo que me toca, me toca fundo. 
Tudo que me alegra, me alegra muito.
 Tudo que me dói, dói forte, corta. 
Nunca tive muitos freios em matéria de sentimento. 
Sempre que eu quis ir, fui. Muito me estrepei. 
Sempre que quis falar, falei. 
Muito me ralei. 
Aprendi um pouco a calar, 
a tentar respirar fundo e pensar."


(Tati Bernardi)

Pois é pra já.


Por ai...


domingo, 13 de março de 2016

Os Poemas



                                                         Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.


Quando fechas o livro, eles alçam voo

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Ivan Teorilang








"Não é a força do gotejar da água que fura a pedra, mas sim a persistência incansável desta ação."


 Ivan Teorilang

Fragmentos de uma paixão
Pedaços esfacelados de um coração dolorido e sofridos
pela magoa tristeza e dor.
Eis um coração que anseia pelo amor de uma grande
paixão.
Queria que meu coração não tivesse passado por tantas coisas no
inteirar da vida.
Que meu coração soubesse a verdadeira dimensão do que é
amar e ser amada.
Queria que fosse outra visão de vida, sem magoas sofrida
sem ausência de beijos carinhos e chamegos.
Que na procura da alma gêmea só
tivesse dois corações.
Com desejo e forças para viver.
Que o passado não interviesse no nosso cotidiano.
E que as lagrimas que desceram de nossos olhos
tenham sido gotas de esperança e saudade.
Apenas isto!
Que a esperança do amor não vivido brote em nossos corações. Em forma de paixão.
Queria outra vida.
Em outro tempo.
Sem vestígios de amargura sem sofrimentos e dor.
Só...
O Amor.
Que o tempo passado aniquilasse todas as reservas de solidão. Seja apenas o tempo de viver e amar.
O tempo vida é o tempo de amor.
O seu e o meu tempo da felicidade!


Mary Cely: Celia Macedo
9/04/2010.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails